Sem categoria

Morar fora, algumas coisas precisam ser pensadas… 

Muitos brasileiros sonham em deixar seu país de origem para se aventurar numa nova vida. Essa pode ser uma experiência incrível, mas também deve ser algo planejado e analisado de forma profunda antes da decisão final. Afinal, o verdadeiro paraíso está dentro de nós e não importa para onde vá, haverão problemas e novas formas de adaptação. E tudo depende da forma com que lidará com elas. 

Veja aqui algumas questões importantes que devem ser levadas em conta antes de arrumar as malas!

Diferenças culturais

Você nasceu no Brasil. Sabe como se dão as relações por aqui e de repente, embarca num avião e sente tudo mudar de uma hora para outra: os gestos, as relações entre as pessoas, os hábitos, as trocas culturais. Sim, esse é um choque e tanto. E podemos reagir a ele de forma suave, com a cabeça aberta, ou achar tudo aquilo uma loucura. Por isso, aqui vão dois conselhos: pesquise (muito!) sobre a nova terra em que pretende viver. Só assim você terá certeza de que está no caminho certo. E abra a sua mente. Com a mente fechada, não chegamos a lugar nenhum.

Se está perdido, não pense que a salvação para seus problemas está a quilômetros daqui!

Os problemas não vão desaparecer só porque você vai mudar de país. Por isso, resolva suas questões antes de tomar essa decisão, sem levar nada pendente para a próxima fase. Lembre-se que haverá um novo desafio, o de se adaptar a um novo lugar, conhecer novas pessoas e suas crenças, que podem ser diferentes das que está acostumado. Então não vá com o objetivo de fugir de algo, para não acumular percalços.

Mercado de Trabalho

Pesquise o mercado de trabalho do seu próximo país de destino. Veja possibilidades de emprego, converse com pessoas que alí vivem e tenha uma reserva de dinheiro para emergências. Converter a moeda brasileira para a do próximo país e pesquisar o custo médio de vida também ajudam a evitar surpresas desagradáveis. Um site que pode ajudar nessa empreitada é o Numbeo ( http://www.numbeo.com), que calcula o preço médio de vida em vários países do mundo.

Não vai dar para levar tudo!

Desapegue-se, e leve na mala apenas o necessário. Caso tenha que se desfazer dos móveis, faça um bazar e só guarde o que é estritamente necessário, já que levar móveis e objetos de decoração para outro país não á algo barato. Pesquise o preço de locais mobiliados para viver no país de emigração, e o valor médio dos móveis comercializados lá, para entender qual a melhor forma de equipar o novo lar. E lembre-se que o dinheiro arrecadado com a venda das coisas antigas servirá para adquirir as novas! 
Espero que tenha ajudado, antes de tudo precisamos nos conhecer muito, saber acima de tudo o que estamos buscando com essa mudança, o que desejamos e enfim se estamos conscientes… é claro se vai dar certo ou não só saberemos se tentarmos, mas se já tivermos esses pensamentos organizados as chances de dar errado diminuem !

Anúncios

1 thought on “Morar fora, algumas coisas precisam ser pensadas… ”

  1. Não é uma decisão fácil mudar dentro do seu próprio país, qto mais para outro país.
    Minha opinião é q só mude com contrato de trabalho definido. Isso de vir e tentar lá é um grande erro.
    Com visto de turista ou de estudante não se pode trabalhar.
    Se for para um país q não seja de língua portuguesa ou inglesa, vai ter q aprender o idioma local p a maioria dos trabalhos.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s